OPOSIÇÃO LEVA BÔNUS, PREFEITO FICA COM ÔNUS

OPOSIÇÃO LEVA BÔNUS, PREFEITO FICA COM ÔNUS

Vereadores aprovam projetos que criam despesas, mas  rejeitam proposta para suposta redução de gastos      Imagem: Clever Inácio -…

More...
REFIS DE QUINQUINHA É PERVERSO COM BOM PAGADOR

REFIS DE QUINQUINHA É PERVERSO COM BOM PAGADOR

Em tentativa quase desesperada de aumentar arrecadação, prefeito concede perdão de 100% a devedores do município A Câmara de Vereadores…

More...
QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

Numa única sentença, juiz decreta duas novas perdas do cargo para prefeito de Manga >> Dispensa de licitação em contratos…

More...
ESTADO AUSENTE INSPIRA ANARQUIA NA BR-135

ESTADO AUSENTE INSPIRA ANARQUIA NA BR-135

Vândalos ateiam fogo em ponte de madeira sobre o rio Carinhanha na divisa de Minas com a Bahia Com  imagens…

More...
JUIZ CASSA MANDATO DE QUINQUINHA

JUIZ CASSA MANDATO DE QUINQUINHA

Prefeito de Manga fica inelegível por quatro anos sob acusação de improbidade no pagamento a empresa de sua propriedade O…

More...
FIM DO PRIMEIRO CAPÍTULO DA NOVELA

FIM DO PRIMEIRO CAPÍTULO DA NOVELA

Moro condena Lula a nove anos e seis meses de prisão no caso triplex Chega ao final as expectativas que…

More...
JUIZ GARANTE LIBERDADE DE IMPRENSA E EXPRESSÃO AO EDITOR DESTE 'EM TEMPO REAL'

JUIZ GARANTE LIBERDADE DE IMPRENSA E EXPRESSÃO AO EDITOR DESTE 'EM TEMPO REAL'

Justiça nega indenização por danos morais a uma filha do vice-prefeito de Manga  O vice-prefeito Luiz Fogueteiro e a filha…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.
Imprimir

GOLPISTAS GOLPEADOS

No 18 Maio 2017.

Temer e Aécio se uniram para derrubar Dilma e enfrentam agora risco iminente de queda, após ação de procuradores

Choveu forte na noite do dia 17 de maio, no exato momento em que o jornalista Lauro Jardim publicou em seu blog, no jornal ‘O Globo’ as informações que tiveram efeito de hecatombe sobe o Palácio do Planalto. Foi, oxalá, metáfora oportuna de que é preciso lavar toda a sujeira que deixou perplexa a Nação, agora em meio à maior crise de sua história.

Os fatos que vieram a lume dão conta que o presidente Michel Temer foi gravado em diálogo para lá de embaraçoso com Joesley Batista, um dos donos J&F (a empresa controladora da JBS, mais conhecida pela marca de carnes Friboi). O assunto corre por toda a rede, desnecessário repetir, apenas com o lembrete de que Temer agiu para comprar o silêncio do ex-deputado Cunha e homem forte da República Eduardo Cunha -- responsável em grande medida pela cassação da ex-presidente Dilma Rousseff.  

O fato concreto é que Michel Temer perdeu toda e qualquer condição de governabilidade e só lhe resta um último gesto de dignidade: renunciar ao cargo. Não cabe aqui o argumento de que isso vai agravar ainda mais a já graves crises econômica e política que o país atravessa. A crise é subproduto da corrupção já há algum tempo. Ou o país enfrenta isso em definitivo, com um sonoro não a essas tentativas de tergiversação das elites do Executivo, Legislativo e Judiciário, ou jamais vamos recuperar nosso orgulho e sentimento de Nação.

Temer e o senador mineiro Aécio Neves foram protagonistas de bastidores do movimento que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, cada vez mais caracterizado como golpe parlamentar – a despeito de todo desgoverno que Dilma legou ao país.

Fiador das reformas neoliberais que Temer tentava levar adiante, Aécio é, neste momento, um cadáver político. Não terá outra alternativa: deve renunciar ainda hoje à presidência do PSDB. Dificilmente escapa da cadeia, após ter a entrega da propina pedida à JBS monitorada pela Polícia Federal.

Acusados de golpistas pelo petismo, Temer e Aécio foram eles mesmos enredados pelas artimanhas dos donos da JBS. A delação dos irmãos Batista tem o diferencial de ter sido seguida das chamadas "ações controladas" feitas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e Polícia Federal. Ação controlada é um eufemismo para cilada, por se tratar de mecanismo de investigação em que o flagrante do crime é calculado para garantir a geração de provas. A Polícia Federal estava por trás dos passos da turma ligada a Temer e Aécio, com câmaras e microfones ligados para a produção de provas. 

Podridão moral

A queda iminente de Temer e Aécio é fato político curioso, sobretudo pela audácia com que repetiram práticas investigadas pela operação Lava Jato. Talvez na tola presunção de que estariam acima das leis. Os procuradores do Ministério Público Federal criaram as condições que vão golpear os golpistas, para repetir o jargão das esquerdas.

O Brasil começa agora uma noite de crise, que tem tudo para ser longa, dada a falta de estadistas com a lanterna que tire o país da escuridão e podridão moral em que se encontra. Temer precisa renunciar imediatamente, o que facilita muito o fim da crise ao evitar o processo danoso e sofrido de impeachment.

Comentários  

0 #1 pe dy cabria 19-05-2017 17:09
Mal contada, pra mim é armação tipo
"a lei ṕe para todos" que de um modo
ou de outro vai sobrar para LULALA...
Citar

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar